Zema volta à Assembleia depois de seis meses

Será a primeira vez desde a posse dos deputados que o governador irá ao parlamento; ele irá receber 200 recomendações para sua gestão

O governador Zema voltará à Assembleia Legislativa depois de seis meses para receber das mãos do chefe do parlamento, Agostinho Patrus (PV), as sugestões dos deputados para a melhoria do governo. O superbalanço governamental realizado pelo Legislativo entre 10 e 19 de junho, rendeu uma série de propostas. Com a presença confirmada do presidente do Judiciário de Minas, Nelson Missias de Moraes, o evento de entrega das propostas terá a participação dos chefes dos três poderes em Minas.

Será a primeira vez desde a posse dos deputados que o governador se deslocará da Cidade Administrativa para a Assembleia. Em todas as vezes que algum encontro ocorreu, foram os parlamentares que se deslocaram até a sede do Executivo. A ida de Zema ocorre no momento em que o impopular acordo com a União está na iminência de ser enviado ao parlamento, conforme o próprio governo. Será, então, uma ocasião para tentar convencer os deputados, que em sua maioria rechaçam o plano.

As propostas dos deputados no âmbito do superbalanço estão contidas em um relatório com 200 recomendações.

Marcelo Gomes é jornalista em formação pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). Apaixonado por política, não vê outra possibilidade de mudança social a não ser por ela. Já trabalhou em rádio e escreve para portais e revistas. Tem experiência em processos legislativos e em questões econômicas. [ Ver todas as publicações ]

Comentários

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir Para o TOPO