Juiz mineiro recebeu R$ 762 mil em abril

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais pagou ao juiz Paulo Antônio de Carvalho R$ 762 mil na folha de abril, sendo R$ 725 mil a título de “remuneração eventual”. Outra juíza, Adriani Freire Diniz Garcia, recebeu R$ 377.465,12. É o que informa Juliana Braga na Coluna do Estadão desta quarta-feira (22/05).

O TJMG alegou que os valores se referem a  “férias-prêmio” e outros benefícios acumulados ao longo da carreira. Sobre o juiz Paulo Carvalho, o tribunal acrescentou que ele recusou promoções para não abandonar uma entidade que fundou: a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado, Apac.

A Mosqueteira é a musa dos novos inconfidentes e guardiã de todas as inconfidências [ Ver todas as publicações ]

Comentários

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir Para o TOPO