Importante não é a griffe do doutorado. Mas quem ostenta

Com tanta pirataria, fica difícil apontar se algo é autêntico mesmo, o que pode até arrefecer o desejo de ostentar um produto verdadeiro. Mas ainda existe muita gente que dá entre 980 e 2.500 dólares em uma Dionysus, a bolsa mais emblemática da Gucci.

O mesmo raciocínio se aplica aos currículos falsificados. Se os doutorados do governador Witzel e da professora Joana D’arc poderiam em tese ser comprados a preço razoável em qualquer banca de shopping popular, a especialização strictu sensu do procurador da Lava jato Deltan Dallagnol no Harvard Law School é verdadeira. Com direito a revalidação do título na Universidade Federal do Paraná, diz o Antagonista.  

Mas, como dizem por aí, importante não é a griffe da bolsa. Mas quem carrega a bolsa. 

A Mosqueteira é a musa dos novos inconfidentes e guardiã de todas as inconfidências [ Ver todas as publicações ]

Comentários

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir Para o TOPO