Governo mineiro está confiante na retomada da operação Codemig

Na verdade, o entrave à operação é só político: o apoio dos deputados e por extensão dos conselheiros do TCE

O presidente da Codemig, Marco Antônio Castelo Branco, foi à Assembleia conversar com a base aliada sobre a venda de ações da empresa (foto: Anna Castelo Branco)

O governo estava ontem confiante na superação dos entraves e na retomada da venda de ações da Codemig. Na avaliação governista, o presidente da empresa, Marco Antônio Castelo Branco, teve uma atuação “excelente” e conseguiu convencer a base aliada ao explicar a operação na ALMG nesta terça-feira. Simultaneamente, no mesmo dia, representantes do governo tiveram uma reunião considerada muito positiva com o pessoal do TCE, o órgão de contas que suspendeu o processo de venda das ações.

No compasso

Coincidentemente, também ontem um membro do governo menosprezou as desavenças recentes com a ALMG e o presidente Adalclever Lopes. Disse que Adalclever continua um “aliado de primeira hora”  e pode ser o vice de Pimentel se quiser. Em suma: as relações do governo com o seu principal aliado parecem melhorar no mesmo compasso da operação Codemig.

Em tempo 

Se o processo voltar a andar, sem muito demora, a venda de ações poderá ser feita até meados do ano, no prazo desejado pelo governo. Na realidade, o entrave à operação é só político: o apoio dos deputados e por extensão dos conselheiros do TCE. Desatado esse nó, a operação fluirá segundo os procedimentos padrões na Bovespa.

Comentários

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir Para o TOPO