Esperança com eleição de Bolsonaro já se dissipou, aponta FGV

Índices de confiança na área econômica recuaram a níveis anteriores à eleição; capital político do novo governo se esvai rápido demais

As pesquisas de confiança medem as expectativas positivas ou negativas em relação à evolução do país, sendo as mais respeitadas as da Fundação Getúlio Vargas. Pois bem, segundo os últimos levantamentos da FGV, referentes a maio, as esperanças com o governo Bolsonaro já se dissiparam praticamente por completo, ao menos na área da economia, com os principais índices de confiança retornando aos patamares anteriores à eleição presidencial.

No mês passado, o Índice de Confiança do Comércio recuou 5,4 pontos, caindo de 96,8 para 91,4 pontos, mesmo nível de setembro de 2018. Já o Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) avançou para 117,3 pontos, o maior nível desde setembro, assim como a confiança da construção civil.

O mais importante de todos os índices, o da confiança do consumidor recua mensalmente nas pesquisas da FGV desde a posse de Bolsonaro. De janeiro até maio, a confiança do consumidor já caiu 10 pontos. Na última medição, marcou 86,6 pontos, o menor nível desde outubro (85,4 pontos).

A queda sistemática das expectativas é um péssimo indicador, pois mostra desânimo com a economia e desencanto com a política. No caso do governo Bolsonaro, há o agravante da dinâmica do processo. O desgaste está rápido demais. Ele começou embalado por um otimismo recorde: 65% esperavam um governo ótimo/bom, maior índice registrado no Datafolha antes da posse de um presidente. Esse imenso ativo está desmoronando em menos de seis de governo.

 

Criadora da rede Os Novos Inconfidentes, formou-se em jornalismo pela PUC-MG e trabalhou nos jornais Folha de S. Paulo e Estado de Minas, além de colaborar para várias publicações. Ex-colunista do jornal O Tempo e ex-comentarista da rádio Super Notícias FM. [ Ver todas as publicações ]

Comentários

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir Para o TOPO